Review - Guitar Hero - Playstation 2



Guitar Hero - Playstation 2

Guitar Hero foi um daqueles jogos que veio sem muitas pretensões e que acabou se tornando em muito pouco tempo um dos grandes fenômenos. Chega ser difícil achar alguém que jogasse videogame nessa época e não tenha conhecido, ou mesmo jogado pelo menos um pouquinho só que seja.

Era bem normal você ir à casa de algum amigo e esse estar jogando o jogo, ou tentando desbloquear novas musicas, jogando apenas para aprimorar suas habilidades ou então jogando contra outras pessoas que era um dos modos mais jogados por praticamente todos que jogavam Guitar Hero.

O jogo tinha um esquema bem simples, você era um guitarrista de uma banda fictícia e tinha como objetivo executar todos os acordes de cada musica com maestria. Durante cada partida / musica, aparecia uma tela aonde ia surgindo botões com diferentes cores, esses botões representavam teoricamente as notas de cada trecho da musica que estava sendo executado, e com seu controle você tinha que ir apertando no tempo certo cada botão correspondente e no tempo certo para ir aos pouco tocando sua guitarra e escutando ao fundo a vibração da plateia que estava ali assistindo a apresentação de sua banda.

E mesmo o jogo contando com um controle estilizado em formato de guitarra feito exclusivamente para o jogo, e que deixava a jogatina ainda mais legal, já que estamos falando ainda do primeiro jogo era bem normal, ou melhor, quase ninguém ainda tinha essas guitarras, ainda mais porque estamos falando em um período onde praticamente todo mundo só comprava jogos piratas, digo isso porque a versão original do jogo vinha com uma guitarra por padrão, mas praticamente todo mundo jogava fazendo uso dos controles originais do próprio Playstation 2, e mesmo não parecendo a diversão era tão grande quanto.

Outra coisa que chamava a atenção era que mesmo o jogo sendo basicamente um jogo musical ele ainda sim tinha um visual bem agradável, você em certos momentos conseguia ver seu personagem tocando sua guitarra, as vezes o vocalista contando as musicas, e ainda com o passar do tempo e o desenrolar do modo carreira, onde você ia ganhando dinheiro dentro do jogo, você com esse dinheiro ia comprando novas musicas e novas guitarras, entre outros coisa para implementar ainda mais o visual de sua banda.

O jogo contava com trinta canções que giravam desde musicas bem conhecidas como “Iron Man - Black Sabbath”, “infected - Bad Religion”, “Smoke on the Water - Deep Purple”, ou mesmo por musicas de bandas independentes que você nunca ouviu falar. Mas todas essas musicas não eram executadas em suas versões originais, então não estranhe caso você ache alguma musica um pouco diferente ou mesmo aquela voz bem estranha no começo, pois já que estamos falando de uma banda fictícia onde você era o guitarrista, tudo girava entorno a parecer como se fosse uma banda cover ou algo assim.

Outra característica do jogo era sua dificuldade que mesmo nos níveis mais baixos ainda era bem complicado no inicio você conseguir acertar todas as notas de uma musica com maestria, fora que os níveis de dificuldade refletiam na quantidade de notas e botões que você teria que apertar para executar uma musica, exemplo, no nível fácil você só tinha que usar três botões do controle e a quantidade de notas era menor, no normal você já tinha que usar quatro botões do controle e a quantidade de notas em cada musica aumentava um pouco, já no nível difícil você teria que usar cinco botões do controle e se prepara para um quantidade de notas durante cada musica bem maior, fora o fato que alem dos botões em cada musica você poderia ainda usar um dos analógicos para que durante uma nota onde você tivesse que ficar segurando o botão você ainda conseguiria ficar girando esse de uma lado para o outro afim de aumentar sua pontuação.

Guitar Hero foi desenvolvido pela “Harmonix Music Systems” e publicado pela “RedOctane” e publicado em 2005 para Playstation 2 e “Xbox 360”. Guitar Hero fez muito sucesso e ganhou vários prêmios da mídia especializada e foi considerado por muitos como um dos jogos mais influentes.


Vídeo Gameplay


(Dissection)





Posts Relacionados