Review - Sonic Advance 2 - Game Boy Advance



Sonic Advance 2 - Game Boy Advance

Qualquer pessoa que viveu entre o final da década de 80 e por toda década de 90 e que acompanhava o mundo dos videogames mais que conhecia a guerra travada entre “SEGA” e “Nintendo”, onde que a cada novo lançamento, a cada novo anuncio era mais que suficiente para que os ânimos se aflorassem e seus leais súditos (nos os consumidores) já saíssemos em devesa a favor ou contra sua empresa favorita.

E algo que era ainda mais inimaginável sequer pensar era em ver jogos ou mascates de uma empresa na plataforma de sua concorrente, onde que vez ou outra chegávamos a presenciar boatos de que tal jogo poderia sair, mas sempre não passando de boatos, ou então quando alguém ou grupo não inventava de fazer algum hack para o videogame X, mas com o passar do tempo e com o caminhar da historia, todos nos já conhecemos bem o fim dessa guerra lendária.

“Sonic Advance 2” é um desses jogos que na década de 90 seria inimaginável de existir em uma plataforma que não a da SEGA, quem dirá em uma plataforma de sua maior rival até então a Nintendo, mas como essa parte da historia já tinha sido encerrada o que encontramos no portátil da Nintendo é um jogo fantástico do ouriço azul, é um jogo do “Sonic” como nos áureos tempos de “Mega Drive”.

A começar pelo visual do jogo que é muito bem elabora, apesar de jogar com a versão moderna de Sonic, que para alguns ainda é motivo de aversão, coisa que eu pessoalmente não consigo entender, tudo parece que se encaixa nesse jogo, os gráficos dos cenários são muito bem elaborados e bonitos, você por muitas vezes vai se pegar imaginando que para fazer essa versão do jogo os desenvolvedores tinham em mente a versão de Sonic 2 de Mega Drive, vide o capricho encontrado em cada uma das fases durante os 8 mundos.

Percursos esses que apesar de não serem um dos mais difíceis também não vão ser assim tão fácil, já que no jogo encontramos uma dificuldade mediana, mais que pode ficar um pouco mais elevada caso o jogador queira ver o final completo do jogo, onde que para isso ele vai ter que coletar todas as 7 “Esmeradas do Caos” que estão espalhadas pelas fases bônus do jogo, e que para serem acessado você precisa recolher todos os “SP Rings” que estão espalhados por praticamente todo o jogo, e com isso liberar uma fase extra para ser jogada apenas com Sonic.

E quando digo apenas por Sonic, é que aqui conforme você vai jogando e passando pelas fases você vai liberando outros personagens que estavam até então inacessíveis e com isso você pode jogar as mesmas fases com outros personagens, que são: “Amy”, “Tails”, “Cream” e “Knuckles”, e todas as vezes que você libera algum novo personagem ao final de uma fase antes de começar a outra fase, você vai assistir uma pequena cena, compostas por algumas fotos e um pequeno texto dos personagens interagindo com Sonic.

Textos esses que vão nos contando um pouco da historia do jogo, onde que “Dr. Eggman” (sempre ele) teve a brilhante ideia de capturar todos os animais da floresta para que com isso ele os transformassem em robôs, e ainda por cima ele consegue enganar os amigos de Sonic que ficam presos e como não poderia deixar de ser, Sonic tem que correr contra o tempo para ir um a um resgatando seus amigos e salvar todos os animais de se tornarem robôs a mando de Dr. Eggman.

E durante esse caminho o que você vai perceber é que os desenvolvedores criaram as fases pensando justamente na velocidade de Sonic, já que é bem difícil você se ver preso em lugares que não se pode avançar correndo, e tudo isso deixa o jogo bem mais dinâmico e animado, onde que correr com Sonic e pegar seus “Power Ups” espalhados pelas fases vão te dando um animo amais, vendo ele virar, se balançar de um lado para o outro tudo de forma bem frenética, e ainda finalizando como em uma linha de chega, onde que existem marcas no chão que quanto mais rápido você passar por essas, maior vai ser sua pontuação final, fora que ao inicio de cada fase você já visualiza Sonic se preparado para correr como os atletas profissionais, corredores de carreira.

Tudo isso com uma boa trilha sonora, que se não a melhor, já que esse deva ser um dos pontos mais fracos do jogo, se comparado com todo o resto, visto que as musicas são sim muito boas, mais não são tão representativas quanto o próprio jogo em si, todas as fases e cenários, todos os movimentos vistos em Sonic e em seus aliados durante todo o decorrer do jogo são tão bem feitos que a musica acaba quase que passando desapercebido, e tudo isso poderia ser bem mais emblemático com o auxílios de musicas mais carismáticas.

Sonic Advance 2 foi desenvolvido pela “Sonic Team” e “Dimps”, e publicado pela “SEGA” e “THQ” para “Game Boy Advance” entre os anos de 2002 e 2003, o jogo foi bem recebido pelos críticos que ressaltavam a qualidade gráfica e a animação dos personagens, alem do excelente fator replay do jogo.



Vídeo Gameplay



(Dissection)





Posts Relacionados