Review - Magic Knight Rayearth - SEGA Saturn



Magic Knight Rayearth - SEGA Saturn

Os jogos no estilo “JRPG” sempre me atraíram e muito, não lembro ao certo quando foi ou mesmo qual foi o primeiro jogo que joguei, mas desde o momento em que eu conhecei esse estilo sempre estive a procura de bons jogos, e um bom jogo que eu encontrei e joguei muito foi o jogo “Magic Knight Rayearth” de “Super Nintendo”.

Lembro de ficar horas jogando esse jogo, que apesar de ser um bom jogo não tinha nada de tão inovador em seu estilo, mais ainda sim eu joguei esse jogo até o final de forma muito rápida e em nenhum momento eu achei o jogo chato ou repetitivo, alias ao terminar o jogo eu fiquei me lamento pelo fato de não existir um outro jogo da franquia ou algo parecido para o Super Nintndo.

Mas foi com o “SEGA Saturn” que em fim eu encontrei um jogo que se não era uma continuação do ótimo RPG que foi a versão de Super Nintendo, eu encontrei um novo jogo que contava a mesma historia mais de uma forma muito melhor, bem mais elaborada, com um sistema de combate bem diferente do que era a versão anterior que foi o jogo “Magic Knight Rayerth” de SEGA Saturn.

Uma das primeiras coisas que me chamou muito a minha atenção para esse jogo foram os gráficos do jogo, como eram bonitos e muito bem feitos, você ia passar por meio de lagos e literalmente iria ver seu personagem no meio da água, somente com a cabeça para fora, iria passar por regiões de florestas com espinhos por todos os lados ou mesmo iria se aventurar por entre as arvores passando de galho em galho e até mesmo entrando dentro dessas arvores para poder além de encontrar itens encontrar seu caminho, era tudo muito bem bonito e criativo.

O sistema de batalha do jogo também era muito pratico e ágil, o jogo literalmente é um “Action RPG”, lembrando um pouco jogos como “Zelda”, onde você vai andando e pelo seu caminho vai encontrando os inimigos e ali mesmo você o enfrenta, ainda durante o jogo você vai percorrendo o caminho sempre controlando uma das três personagens, e as outras duas vão sempre te seguindo logo atrás de você, e durante esse caminho você pode ir alternando de personagens, para melhor satisfazer as necessidades de cada situação, já que cada uma conta com um atributo diferente que vai servir para um momento especifico do jogo.

Como já mencionei antes o jogo foi baseado no primeiro arco do anime e contava a historia de três estudantes “Umi Ryūzaki”, “Hikaru Shidō” e “Fuu Hō-ōji”, que durante uma excursão escolar a “Torre de Tóquio”, são subitamente transportadas/levadas para outra dimensão através do chamado da “Princesa Emeralde”, mas que chegando a outra dimensão essas são recebidas pelo “Guru Clef”, que explica tudo sobre o mundo em que elas acabavam de chegar, e que a Princesa Emeralde tinha sido levada pelo “Sumo-Sacerdote Zagato”.

Clef então da a cada uma das três uma armadura magica que com o passar do tempo vão evoluindo e adquirindo poderes especiais únicos para cada uma delas e ainda revela para elas que elas precisavam encontrar uma espécie de mineral lendário denominado “Escudo” que iria ser para forjar suas armas e então se tornarem as “Guerreiras Magicas”.

O jogo tinha uma dificuldade bem baixa e não era muito difícil de chegar ao seu final, apesar de ser um jogo meio longo, você muito provavelmente iria demorar entorno de dez horas para conseguir finaliza-lo, mas como mencionei antes além do jogo contar com mecânicas bem convidativas e um sistema de batalha bem interessantes, você ainda iria ficar bem surpreso com os pequenos detalhes que iam acontecendo durante o gameplay, coisas do tipo, quando um personagem de seu grupo estava machucado você iria ver esse andando no meio do seu grupo com um esparadrapo na cabeça, coisa essa bem simples mas que davam um charme a mais no jogo.

A trilha sonora do jogo era também muito boa essa passava bem todo aquele clima do anime, nunca se tornando repetitiva ou mesmo enjoativa, o jogo ainda contava com cenas animadas retiradas do anime e ainda era todo legendado em inglês, o que era algo bem difícil de se vê principalmente em jogos desse estilo para o SEGA Saturn.

Magic Knight Rayearth foi desenvolvido pela “SEGA” e publicado pela “SEGA” e “Working Designs” entre os anos de 1995 á 1998 para o console SEGA Saturn, esse jogo foi um dos 12 títulos anunciados junto ao anuncio oficial de lançamento do SEGA Saturn.


Vídeo Gameplay




(Dissection)






Posts Relacionados