Review - Rocky Rodent - Super Nintendo



Rocky Rodent - Super Nintendo

Tem alguns jogos que não precisam muito de explicação, você apenas o pega para jogar sem muito estresse de entender alguma coisa. Com Rocky Rodent é assim, a gente ao pegá-lo pela capa, logo percebe que deve se tratar de um jogo bem louco, afinal, um gato de camiseta, tênis e um "topetão" esperto não é algo lá muito comum.


O jogo chama atenção pela curiosidade mesmo, não que seja um game ruim, ele é bom! O problema é que ele não apresentou na época, nenhum diferencial se comparado à outros games de aventura da mesma época.

Rocky Rodent nos presenteia com bons gráficos e uma ótima jogabilidade, o jogo possui uma variedade de movimentos, todas dependendo do tipo de penteado do nosso herói, peraê penteado? Sim! O game se baseia em penteados especiais que podem ser coletados durante as fases, onde cada um possui um movimento ou ataque específico, pode parecer esquisito, mas podem acreditar, este é o grande barato do jogo.


O enredo do game é como havia dito nas primeiras linhas, não tem muito nexo, não precisa entender para jogar, Rocky Rodent possui vários elementos interessantes que deixam o game bem dinâmico, mas ao mesmo tempo peca por sua baixa qualidade sonora, músicas repetitivas e enjoadas acabam por dar um downgrade no jogo, que pela temática, merecia algo bem melhor.


Vídeo Gameplay




|__CisNegro__|





Posts Relacionados