Review - Beavis and Butt-Head - Mega Drive



Beavis and Butt-Head - Mega Drive

Não tem como lembrar do tempo em que passei assistindo ao saudoso canal de TV “MTV”, lá nos meados dos anos noventa e não lembrar de um dos desenhos mais legais e ao mesmo tempo sem noção de todos, que foi o amado “Beavis and Butt-Head”. Hoje em dia é até estranho, já que muitos nem sequer viram algum episodio desse desenho, e mesmo os que já tiveram a oportunidade de assistir algo, muito provavelmente não deva ter gostado, caso tenha sido a primeira vez que o viu.

Mas entre meados dos anos noventa essa serie se tornou bem popular entre a molecada que acompanhava a MTV, os dois personagens / protagonistas mais que esquisitões acabaram por cair nas graças do publico adolescentes e também de vários adultos. Ficar esperando até depois da meia noite na frente da TV só para conseguir assistir aos novos episódios era coisa bem normal, e até motivo de brincadeiras no outro dia entre a molecada da escola, mas ainda sim, valia muito apena, já que esse desenho era realmente muito bom.

E como todo desenho que se preze, ou pelo menos era assim naquela época, Beavis and Butt-Head acabaram por desembarcarem nos videogames, praticamente todos os consoles e portáteis da época ganharam uma versão do jogo. Mas como as versões de cada jogo não eram versões semelhantes, existi uma versão que conseguiu se sair melhor, que conseguiu se destacar entre todas as outras, que foi a versão lançada para o console da SEGA e seu Mega Drive.

O jogo já contava com uma historia bem parecido com o que assistíamos nos episódios da serie de TV, onde que após Beavis e Butt-Head conseguirem juntar dinheiro para comprar os ingressos de uma de suas bandas preferidas de todos os tempos o “Gwar”, esses estão comemorando no jardim de casa com os ingressos em suas mãos quando um cachorro aparece e come os ingressos e depois os cuspi em vários pedaços, mas como na vida desses dois desgraça nunca é pouca, o vizinho deles que estava passando com seu cortador de grama acaba por jogar os pedaços dos ingressos para longe, e é ai que começa nossa aventura dentro do jogo, onde você vai ter que controlar os dois desajeitados por vários lugares a fim de encontrara todas as partes dos ingressos.

Logo no começo você vai perceber que o jogo não é um dos mais simples de se jogar, ainda mais se seu objetivo é chegar ao seu final. O jogo é basicamente dividido em partes de plataforma, onde você vai ter que passar por todo tipo de obstáculos, como saltar, desviar de cachorros, ou mesmo ter que enfrentar os valentões que vão aparecendo, e isso não é nada fácil, já que esses inimigos são bem resistentes e vários deles só são atingidos com um tipo especifico de arma. Ou então você vai se ver jogando nas partes do jogo onde basicamente você vai estar em algum ambiente procurando por algum item ou tentando solucionar algum quebra cabeça, lembrando muito situações de jogos em point and click.

O jogo tem uma dificuldade bem elevada, principalmente quando você esta enfrentando alguns dos valentões, como eu já mencionei, em vários momentos você tem que fazer uso de uma de suas quatro armas diferentes, a fim de derrotar esses sem que eles causem danos em você, ou que pelo menos esses danos não sejam tão grandes. Já que o jogo só conta com uma vida, e são muito raros os itens de encher sua vida, você em vários momentos vai se ver trocando entre um personagem e outro para que você não venha morrer, já que cada personagem conta com uma barra de vida independente.

E pode até parecer estranho, mas mesmo você controlando os dois personagens ao mesmo tempo, ainda sim, tudo funciona muito bem, você basicamente tem um botão de correr e pular que funciona para os dois ao mesmo tempo, e um botão para usar golpes específicos para cada personagem, por exemplo, Beavis solta arrotos, enquanto Butthead abaixa as calças e fica soltando peidos. Essas diferenças também eram vistas em momentos de usar determinadas armas, já que algumas armas só poderiam ser usadas por Beavis e outras apenas por Butthead, o que por vezes deixa o jogo ainda mais difícil, já que você poderia estar jogando com o Butthead por ele estar com a vida cheia, enquanto o Beavis estava com a vida bem baixa ficava atrás para não receber danos, mas ai você encontrava algum valentão que para passar por ele só era possível fazendo uso de alguma arma que só o Beavis poderia usar, mas se você começasse a usar o Beavis para usar a arma ele poderia ser atingido e morrer, e você teria que começar tudo de novo caso você não tivesse marcado os benditos passwords do jogo que eram gingantes.

Coisas desse tipo eram bem frequentes e complicavam ainda mais nossa vida dentro do jogo, mas ainda sim esse era um jogo incrível, todos os cenários e até os quebras cabeças eram retratando situações e fatos ocorridos em alguns episódios específicos da serie de TV. Os personagens eram grandes, com vários movimentos característicos da sere, até mesmo quando você deixa o controle parado por alguns instantes os dois personagens iriam começar a se movimentar de um lado para o outro como se estivessem ouvido alguma musica bem alta, bem parecido com o que acontecia no desenho animado.

Os sons ambientes do jogo também eram bem fieis aos da serie televisiva, todos aqueles sons de peidos, arrotos e até mesmo os grunhidos dos personagens eram retratados no jogo, somente a musica do jogo que não era assim grande coisa, alem da musica tema do desenho já não ter uma qualidade muito boa, as demais musicas ficavam parecendo musicas diferentes as que estávamos acostumados a ouvir no desenho, mais isso, imagino eu, deva ter ocorrido devido o hardware de som do Mega Drive.

A versão de Beavis and Butt-Head para Mega Drive foi desenvolvida pela “Radical Entertainment” e publicado pela “Viacom New Media” entre 1994 e 1998, para Mega Drive, Super Nintendo, Game Gear e Game Boy.


Vídeo Gameplay


(Dissection)





Episodio do podcast onde esse foi um dos jogos comentados:
Neo Player - 038 - Jogos Baseados em Animes / Desenhos e Tokusatsus







Posts Relacionados