Review - Battletoads in Battlemaniacs - Master System



Battletoads in Battlemaniacs - Master System

A franquia Battletoads era um grande trunfo da Rare antigamente, como um Beat em up ele era excelente, muitos ports foram lançados posteriormente, mas o que com certeza deve ser o mais lembrado pelos fãs foi o game lançado originalmente para o "Nintendinho", intitulado Battletoads, o game já contava com os melhores gráficos para o console além de claro uma trilha sonora inesquecível, essa por sinal um grande legado da franquia, obra de David Wise.


O jogo como disse anteriormente foi lançado primeiro para o Nintendo, logo após foram lançados ports para o Game Boy e por ai em diante, o Nintendo nessa época já estava perdendo espaço para os consoles da nova geração, mas isso não tiraria o brilho do game que já naquela época encantou e irritou muito gente, quem não lembra da tenebrosa fase do Jet Ski no túnel?


Alguns anos mais tarde uma sequência da série foi lançada para o Super Nintendo, se intitulava Battletoads in Battlemaniacs, um grande sucesso na época, apesar de parecer mais um remake do original do que uma sequência propriamente dita. Mais ou menos nessa época corria um port desta mesma versão para o console 8-bits da SEGA, o Master System que acabou ficando sem um jogo desta franquia. Esta versão que estava praticamente pronta, foi cancelada mas alguns anos depois nossa querida e amada Tec Toy adquiriria os seus direitos e o lançaria exclusivamente no Brasil para loucura dos colecionadores gringos.


Battletoads in Battlemaniacs de Master System posso lhes garantir que possui um dos melhores gráficos do console da SEGA, ponto! O grande problema desta versão como muitos devam imaginar, foram com certeza a perda de elementos essenciais no game, apesar de estar completo, não temos por exemplo a história contada no incio do game, algumas telas foram cortadas, músicas alteradas quando não inexistentes em algumas fases, além da falha mais grave do jogo, a jogabilidade. Aqui nossos heróis não andam, apenas correm, dificultando e muito a coordenação dos golpes. Estes ao meu ver foram os grandes erros deste port, algo que pode ser facilmente compreendido, afinal estamos tratando de um jogo que não era nem para existir de fato.


O port apesar de ser uma grande falha, tem seu valor, eu gostava bastante do jogo quando o conheci, os gráficos me impressionavam e ainda impressionam até hoje, fato esse que sempre me levou a imaginar: Já pensou uma versão de Battletoads and Double Dragon para o console da SEGA nestes moldes, corrigindo é claro, a jogabilidade? Iria com certeza ser um arrasa quarteirões nos 8-bits.


Vídeo Gameplay


|__CisNegro__|


Episodio do podcast onde o jogo foi um dos comentados:
Neo Player - 048 - Trilha sonora: 8 Bits






Posts Relacionados