Review - Bonk 3: Bonk's Big Adventure - PC Engine



Bonk 3: Bonk's Big Adventure - PC Engine

A serie de jogos Bonk foi bem popular entre os donos de PC Engine, não que tenham existido uma grande quantidade de donos de PC Engine, ainda mais fora do Japão, mas entre esses afortunados essa sim era uma serie de jogos bem popular. Ainda mais se paramos para pensar que alem de ser uma serie de jogos em plataforma muito bem feita, ainda contava com um personagem bem marcante, bem carismático.

Afinal quem é que não gostava de jogar com aquele pequeno garoto das cavernas em um mundo pré-histórico todo colorido. E foi com esse carisma todo que Bonk3: “Bonk’s Big Adventure” desembarcou no PC Engine, e logo de cara a primeira grande novidade que o jogo trazia com sigo, era que agora você poderia jogar o jogo em modo cooperativo para duas pessoas simultaneamente durante a campanha do jogo, coisa essa que deixou o jogo bem mais atrativo ainda mais se pararmos para pensar o quanto essa serie de jogos é difícil, e já que essa terceira versão do jogo também não é nada fácil, ter a possibilidade de jogar com outra pessoal teoricamente vai facilitar um pouquinho as coisas durante a jogatina, fora a diversão que é jogar um jogo em Coop, não tem nem o que comentar.

Essa terceira versão do jogo assim como as anteriores também era muito colorida, todos os cenários chamam muita atenção, e não somente os cenários, como os inimigos que alem de serem todos bem criativos, ainda contam com um ar meio que "cartunesco" ou mesmo infantilizado, feito de um modo que qualquer pessoal, tanto um adulto ou uma criança se olharem para eles vão gostar, esses contam ainda com expressões físicas cômicas para aumentar ainda mais a sensação de descontração durante o gameplay, mesmo o jogo não sendo nada fácil.

E mesmo o jogo não trazendo grandes diferenças das versões anteriores, ainda sim, foram acrescentados alguns elementos durante o jogo que dão uma cara nova a tudo, como por exemplo, os itens que deixam Bonk gigante, e você sai andando pelo cenário com um personagem que ocupa quase que toda a tela, ou então os itens que deixam Bonk miniatura e você tem que jogar tomando muito cuidado para não ser esmago o simplesmente engolido por algum inimigo. O mais legal desses itens é que eles não mudam os controles de Bonk, você sempre vai estar jogando com um personagem com uma respostas a seus comandos quase que perfeita, alguns desses itens afetam mais a fisionomia de Bonk do que qualquer outra coisa, mas obvio que existem itens que são bem uteis como o item que deixa Bonk miniatura, item esse que possibilita a sua entrada em lugares minúsculos, lugares que seria impossível de ser acessados com o personagem em seu tamanho normal.

E já que esse não é um jogo nada fácil, você pode ir se preparando bem porque tudo aqui ou praticamente tudo, esta ali para te derrotar, e em vários momentos até objetos que você acha que pode ser apenas mais um item ou obstáculo do cenário pode tentar tirar sua vida. Qualquer um que já teve a oportunidade de jogar essa serie de jogo sabe que não é uma tarefa fácil conseguir chegar até o seu final. Os sons ambientes do jogo e também sua trilha sonora que são bem aceitáveis, com o passar do tempo também pode começar a influenciar seu desempenho no jogo de forma negativa, já que após um certo tempo de tentativas frustradas, aquela “musiquinha” ou pequenos sons que no inicio você quase não prestava atenção começa e te irritar de maneira a fazer testar sua paciência.

E assim como nas versões anteriores do jogo, a jornada de Bonk que sempre começa em lugares até que normais para um menino das cavernas, como regiões montanhosas com vegetação intensa, acaba sempre por levar esse para lugares bem diferentes, como passar por dentro de barcos, percorrer pelo fundo do mar, subir a braçadas por cachoeiras, caminhar por dentro de construções de civilizações antigas entre diversos outros lugares. O que não faltam aqui são lugares diferentes para que Bonk possa percorrer e explorar durante sua aventura.

Bonk 3: Bonk's Big Adventure foi desenvolvido pela “Red Company” e publicado pelas “Hudson Soft” e “NEC Home Electronics” em 1993 para ‘PC Engine/TurboGraFX-16”. O jogo também ganho anos mais tarde versões para “Virtual Console” e “PSN”, alem de também existir uma versão para “TurboDuo” / “PC Engine CD”.


Vídeo Gameplay



(Dissection)








Posts Relacionados