Review - Top Gear 2 - Mega Drive



Top Gear 2 - Mega Drive

Top Gear foi um daqueles jogos que marcou varias pessoas que viveram e jogavam lá na geração dos 16 bits. É bem difícil você achar alguém que tenha tido seu Super Nintendo e não tenha ao menos jogado um pouquinho esse jogo, mesmo quando encontrávamos alguns raros casos de pessoas que diziam que não gostavam do jogo por não gostar de jogos de corrida, ainda sim, esses já tinham jogado o jogo e reconhecem que o jogo era bem popular na época.

Mas como todos sabemos esse foi um jogo exclusivo do console da Nintendo, e todos aqueles que tinham apenas o console da concorrência tinham que ficar apenas com a vontade de jogar ou então tinham que apelar para aquele amigo que tinha um Super Nintendo para poder assim desfrutar desse jogo. E mesmo quando a continuação desse foi lançada, ainda sim, os donos de Mega Drive tiveram que ficar a ver navios, ou era o que parecia, já que um ano após o lançamento de “Top Gear 2” para Super Nintendo, em fim o console da SEGA também ganharia sua versão mais que desejada pelos seus fãs.

E a primeira coisa que chama nossa atenção quando começamos a jogar Top Gear 2 e que quando escolhemos para jogar o modo para um jogador / Single Player, a tela não fica mais dividida como acontecia no primeiro jogo da franquia, onde mesmo jogando com um ou dois jogadores você sempre ia ver a tela dividida, já que quando jogando sozinho você via na segunda metade da tela a CPU controlando um carro, coisa essa que foi removida no segundo jogo da serie.

Outra coisa que também ficou diferente da primeira versão foi à quantidade de pistas que você agora tinha que correr até conseguir terminar o jogo, que no primeiro jogo eram apenas 32 pistas e nessa segunda versão esse numero dobrou, fazendo com que você tivesse que correr por 64 pistas para conseguir finalizar o jogo. Obviamente que com isso adicionaram um sistema de passwords para que você tivesse a oportunidade de continuar o jogo na hora que você queria, “isso quando você marcava esses passwords corretamente, já que eu era rei em sempre marca esse tipo de coisa errada e depois tinha que começar tudo de novo”.

Nesse jogo também foi implementando um sistema de upgrades em seu carro, já que durante uma corrida e outra do campeonato você ia recebendo uma determinada quantia em dinheiro dependendo de sua posição na linha de chegada, alem dos cifrões que você ia coletando durante as corridas que também servia para aumentar seu saldo ao final de cada corrida. Tudo isso servia para que você conseguisse comprar novas peças para seu carro, como por exemplo, comprar um motor mais potente, coisas que iam melhorando o desempenho do seu carro durante a corrida.

Mas como estou falando da versão de Mega Drive, nem tudo aqui era tão bem feito quanto a versão de Super Nintendo. A começar pela diferença mais que marcante nas musicas do jogo, que alem de serem diferentes da versão do jogo lançado para o console da Nintendo, sendo que algumas musicas até que eram boas mais ainda sim, não tão boas quantas as musicas da versão de Super Nintendo. Na versão do jogo lançado no console da SEGA, você não conseguia jogar o jogo com os sons dos motores dos carros, das batidas entre outras coisas, junto com as musicas do jogo, nessa versão de Mega Drive, ou você jogava sem musica e ia escutando os sons ambientes do jogo normalmente, ou você ia no menu do jogo antes de começar uma corrida e colocava para ficar tocando as musicas de cada Tela, mas ai não teria os sons ambientes, e isso era uma porcaria, já que tirava toda a graça do jogo, e o mais chato ainda era saber que a versão para Super Nintendo tudo isso funcionava normalmente.

Outra coisa que também chamava a atenção eram os modelos dos carros, ou melhor, as proporções dos modelos dos carros e também dos cenários em si, já que na versão lançada para Super Nintendo, os carros eram grandes, eles ocupavam grande parte dos cenários, eram visualmente bonitos, elegantes, parecia que você estava realmente vendo de trás de um carro. Já a versão lançada para Mega Drive, esses mesmo carros eram bem menores e parecia que você estava vendo de longe os carros, fora que com isso todo o cenário parecia menor e mais compactado.

A jogabilidade do jogo também tinha algumas diferenças, onde que na versão de Super Nintendo, você conseguia facilmente fazer as curvas mais leves, sendo que em muitos casso sem ao menos precisar diminuir a velocidade de seu carro, já a versão de Mega Drive, praticamente todas as curvas você tinha que soltar o acelerador ou então frear mesmo, para conseguir fazer a curva sem bater. Nesse casso, eu não digo que a jogabilidade de um era melhor que a de outro, porque com o passar do tempo você ia se acostumando com o estilo do jogo de cada versão e praticamente nem notava mais essa diferença.

Mas com essas diferenças na jogabilidade de cada versão do jogo, uma outra coisa foi afetada, que foi a dificuldade, onde que as duas tinham dificuldades moderadas, mas que em cada versão você iria encontrar alguma dificuldade ou facilidade em lugares diferentes, fazendo com que você poderia achar uma pista bem fácil na versão de Super Nintendo, e na versão de Mega Drive achar essa mesma pista mais difícil, ou vice versa. Os cenários de ambas as versão eram praticamente os mesmo, tirando que vários cenários da versão de Super Nintendo tinham pequenas lombadas, fazendo com que seu carro ao passar por essas desse um pequeno salto, já na versão de Mega Drive essas lombadas foram reduzidas ao máximo, você praticamente não as encontram durante as corridas, apesar delas existirem também nessa versão.

Top Gear 2 foi desenvolvido pela “Gremlin Interactive” e publicado pelas “Kemco, Vic Tokai, Gremlin Interactive”, entre os anos de 1993 e 1994, para Super Nintendo, Mega Drive, Amiga e Amiga CD32. A versão de Amiga era bem semelhante a versão de Mega Drive, tirando o fato que um tempo depois foi lançada uma versão para o Amiga CD32 do jogo onde que você em fim poderia jogar o jogo com as musicas e os sons ambientes ao mesmo tempo, semelhante ao que já acontecia na versão de Super Nintendo, mas tirando isso o jogo ainda era o mesmo das versões anteriores lançada para Mega Drive e Amiga.


Vídeo Gameplay


(Dissection)





Posts Relacionados