Review - Crossed Swords II - Neo Geo CD



Crossed Swords II - Neo Geo CD

Crossed Swords é um daqueles jogos que já se destacam por ser bem diferente dos outros tipos de jogos que estamos acostumados a jogar, ainda mais se levarmos em conta sua primeira versão que foi lançada para Arcade, plataforma essa que não costumava receber jogos desse tipo. O jogo é todo “diferentão”, já que você joga olhando seu personagem por detrás só conseguindo ver sua silhueta, e para deixar ainda mais diferente o jogo tinha um modo historia que alem de ser difícil era bem longo.

Por isso que digo que esse é um jogo diferente, mas em 1995 foi lançado a continuação desse jogo, “Crossed Swords II” lançado somente no Japão e exclusivo do Neo Geo CD, já que a primeira versão do jogo tinha sido lançado primeiro para os Arcades e só depois é que adaptaram o jogo para o console. E o que conseguimos notar logo de inicio é a grande evolução que o jogo teve em praticamente todos os quesitos.

A primeira coisa que notamos é que nessa segunda versão do jogo adicionaram mais comandos aos personagens, como por exemplo, o botão de pulo que não existia na primeira versão e que agora elem de estar lá é de grande auxilio para atacar fazendo uso de pulos e ataques para que eles saiam mais fortes, você ainda consegue fazer uma espécie de esquiva indo de uma lado para outro apenas apertando para o lado e o botão de pulo ao mesmo tempo, fazendo com que você consiga se desviar de forma bem rápida dos seus inimigos ou então consiga atacar esses durante a corrida de um lado para o outro.

Os cenários do jogo também ficaram bem mais coloridos do que a versão anterior e ainda por cima bem diferentes entre si, vários cenários chamam muito a atenção por serem muito bonitos e criativos. Foram adicionadas uma quantidade maior de cenas que servem para contar a historias, e até cenas durante uma batalha e outra, durante os combates acrescentaram vários efeitos de luzes tanto quando desferimos golpes normais com as armas, quanto na hora que usamos golpes especiais, não que isso não existisse na versão anterior do jogo, mas agora isso chama bem mais atenção, fora o sangue que não para de rolar durante as batalhas. A parte sonora do jogo que também era muito boa continuou excelentes, e a trilha sonora também é um ponto bem positivo já que ela se encaixa muito bem em todas as partes durante o decorrer do jogo.

O jogo se tornou bem mais frenético, agora durante as batalhas você pode enfrentar até três inimigos de uma só vez, que vão se alternando durante o combate pulando de uma lado para o outro tentando derrotar você. E mesmo alguns dos inimigos ainda serem os mesmo da primeira versão, ainda sim, foram adicionados alguns novos inimigos para deixar o jogo com uma cara diferente, fora que aqui você escolhe entre três personagens bem diferente entre si para seguir sua jornadas, alem do tradicional cavaleiro que você já escolhia na primeira versão, ainda colocaram ao seu dispor uma especie de samurai que conta com a força para tentar vencer, e uma guerreira que apesar de ser mais fraca que os outros dois personagens tem uma velocidade incrível, e isso facilita muito na hora do combate, tanto para desferir seus ataques como na hora de desviar dos ataques inimigos.

O jogo ainda tem todo aquele sistema de aumento de experiência que vai deixando seus personagens mais fortes, alem, dos itens que vão sendo oferecidos a você pelos mercadores para deixar sua jornada um tanto mais fácil. A grande diferença aqui é que logo que você passa por um vendedor os itens desse já vão aparecer na tela para que você possa ver, diferente da primeira versão que você tinha que aceitar o convite dos vendedores para que só então entrasse na tela de seleção de itens. E como não poderia deixar de ser, o jogo ainda é bem difícil e para você conseguir terminar, alem de muita dedicação em aprender varias e varias sequencias dos inimigos a fim de não ficar perdendo com ataques bobos, você ainda vai demorar porque o jogo tem uma duração de mais de uma hora.

Crossed Swords II foi desenvolvido pela “ADK” e publicado pela “SNK” em 1995 para Neo Geo CD somente no Japão. O jogo acabou se tornar um dos poucos jogos que somente foram lançados exclusivamente para o Neo Geo CD, sendo que um protótipo do jogo para os Arcades chegou ser desenvolvida mas que nunca viu a luz do dia.


Vídeo Gameplay



(Dissection)




Vídeo do jogatina feito com a primeira versão do jogo para Arcade








Posts Relacionados