Review - The Flash - Master System



The Flash - Master System

"E daí? Que você me deixou mais um dia passou e o mundo não parou, tô aqui. Confesso fraquejei, muito tempo chorei, só Deus sabe o quanto eu sofri, mas não fui me humilhar, te pedir pra jogar, o que você tá fazendo aqui? Se ainda não me quer, então sai do meu pé, eu faço o que eu quiser. E daí?"

E daí que fico injuriado com o fato de um dos principais heróis da DC não ter um game solo bom. Esses dias eu estava vendo a nova série do Flash na TV e fiquei a me perguntar: Será que já tem um game do Flash legal pra jogar? Bom, foi assim que vim cair neste jogo medonho novamente.

Quando paramos para pensar, vemos que Batman já faz sucesso no mundo dos games desde a era 8 bits, Superman, Lanterna Verde até a Mulher gato tem um game bacaninha, mas e o Flash? Bom, o Flash até teve 2 jogos, mas, bom vamos falar um pouco deles.

The Flash, como o nome já sugere é um game do Flash que saiu para Master System e para Game Boy, apesar de serem jogos totalmente diferentes, eles possuem a mesma base, o mesmo enredo, uma série de TV da antiga CBS que não aguentou terminar a primeira temporada no ar, que fase Flash, para piorar o game que já devia estar sendo produzido na época da série, saiu semanas ou meses depois dela ter sido descontinuada, agora me digam se é ou não é muita sofrência para um herói só?

O jogo para o Master Sytem, que é o que eu conhecia de tempos atrás, não tem nada de interessante, não vou ficar inventando dizendo algo legal sobre isso ou aquilo, para mim o jogo todo é ruim, vou tentar resumir de uma forma legal para vocês. Nosso Flash possui movimentos bem rápidos no game, não que isso seja uma vantagem, não pelo contrário, os caras me fazem um personagem rápido mas esquecem de arquitetar um cenário para acompanhar, ou seja, enquanto você tem movimentos bem brutos e rápidos os cenários te surpreende com obstáculos que simplesmente não se tem como passar a não ser que você siga bem devagar, ou seja sua velocidade aqui só te atrapalha, com isso, fico pensando, e se colocassem o Flash nos cenários de Sonic, será que a coisa não andaria de forma mais digna?

A jogabilidade de Flash como disse anteriormente não funciona, você tem um personagem rápido num cenário onde não se pode ir rápido, até cones de trânsito tiram energia, Pô assim não dá! As músicas e os gráficos do jogo não me agradam também, tudo muito simples, para não dizer que tudo é ruim, posso dizer que as cutscenes em forma de quadrinho que aparecem antes de cada fase, me soam divertidas, só.

E por fim, me deparei com um game de Game Boy que sinceramente não sabia que existia, depois de conhecê-lo fiquei grato por nunca ter tido que passar por aquilo, se o de Master System é ruim o que fizeram com o de Game Boy pode ser considerado Bullying. O jogo é muito esquisito, o Flash aqui ao menos não tem movimentos brutos como o de Master System, não que isso seja uma vantagem, nosso personagem possui um movimento para ativar a sua super corrida até que interessante, e algumas fases é realmente necessário fazer isso, o que pecou aqui para mim foram os gráficos bem abrutalhados e a movimentação de Flash pelos cenários, tudo muito mal feito, ele chuta como cachorro marcando território e soca como se estivesse apertado para fazer xixi, não gostei do que vi e continuo a me questionar o porque de ainda não terem feito um game ao menos jogável do nosso querido herói?


Vídeo Gameplay



|__CisNegro__|





Posts Relacionados