Review - Risky Woods - Mega Drive


Risky Woods - Mega Drive

O Mega Drive em seu começo, recebeu muitos ports de arcade e PC, independente de qual tenha sido a razão disso, o console da SEGA soube aumentar seu catálogo de jogos e vez ou outra lançava um port melhor do que o original, um exemplo disso é Risky Woods, originalmente lançado para o PC caseiro.


Risky Woods é um game de plataforma lateral em 2D onde o objetivo principal era libertar Deuses de Pedras e avançar pelas fases coletando armas e armaduras. Como havia dito, o jogo foi lançado primeiro para o PC sendo mais tarde portado para o Mega Drive com algumas melhorias.

Na versão do Mega Drive o game teve nosso personagem todo redesenhado, um sistema de quebra cabeça para se avançar nas fases, novos itens e armas e um enredo mais completo do que o original.


O jogo já a primeira vista nos chama a atenção pela quantidade de cores e riqueza nos detalhes, ainda mais se levarmos em conta o ano de seu lançamento (1992) e por estarmos falando do console da SEGA que é conhecido pela pobreza de cores se comparado ao seu concorrente direto, o Super Nintendo.

Risky Woods é um jogo agradável de se ver, não tanto de se ouvir mas não chega a ser um problema, o maior problema ao meu ver era a dificuldade, não pelo jogo em si, mas pela movimentação do personagem, não sei vocês mais eu tenho pavor a jogos com "pulo bugado" e esse jogo tem isso, o pulo é muito fraco e confuso e para se complicar ainda mais, temos plataformas com inimigos voadores entre outros obstáculos que com a "agilidade" do nosso herói, fica fácil a gente passar raiva.



Vídeo Gameplay



|__CisNegro__|





Posts Relacionados