Review - Need for Speed: Most Wanted (2012) - PC



Need for Speed: Most Wanted (2012) - PC

Need for Speed por muito tempo foi considerado uma das, senão a mais popular franquia de jogos de corridas de carro por um longo período, não era nada a normal você ouvir relatos de amigos ou conhecidos que diziam estar ou já terem gasto horas e mais horas jogando alguns dos jogos dessa serie.

Mas curiosamente com o passar dos anos a serie que vinha trilhando um caminho positivo de bons jogos lançados a cada novo ano meio que em fim essa se estagnou, e pior, começava um caminho reverso, onde que a cada novo lançamento essa não conseguia mais agradar tanto o publico que outrora ficavam sempre satisfeitos com seus jogos, e com isso a “Electronic Arts”, resolveu dar um novo impulso a franquia trazendo de volta jogos que outrora foram muito bem aceitos, trazendo releituras de jogos que em um passado não tão distante fizeram a cabeça de milhares de pessoas.

E foi com esse espirito que a “EA” tentou resgatar um de seus grandes e por muitos considerado o ultimo bom jogo da serie Need for Speed, que foi a releitura de um jogo lançado em meados de 2005 “Need for Speed Most Wanted”, mas agora com toda tecnologia e experiência obtidas nos anos que decorreram entre o lançamento da versão original até a nova versão.

E logo de cara o que notamos é que o jogo pode até ter tido suas inspirações, mais esse é bem diferente do que já estávamos acostumados com o anterior, a começar pelo modo historia que era bem presente na versão original do jogo, e que para muitos aumentava ainda mais a vontade de jogar o jogo, e que na releitura não foi utilizada, somente foi aproveitado o conceito do jogo, onde você tem que ganhar determinada quantia de pontos em corridas para que assim você se torne apto a desafiar um carro, ou competidor de uma suposta lista de dez carros mais procurados.

Quebrando bem todo aquele clima que sentíamos quando estávamos jogando a versão original, e tínhamos a sensação de estar fazendo parte de algo, que tudo aquilo que estávamos fazendo tinha algum sentindo, mas ainda sim, mesmo não contando com essa historia que caminhava ao lado do jogo, você ainda vai contar com pequenas cenas colocadas entre uma corrida e outra, ou então, quando você se vê desafiando um dos carros da lista de procurados, que se não fazem parte de nenhuma historia ainda sim em alguns momentos podem ser bem engraçadas e por que não curiosa, devido as coisas adversas que podem acontecer entre uma cena e outra.

Como não poderia de ser o jogo conta com um visual incrível, onde que assim como na versão original, você esta livre em um gigantesco mapa passando por cidades, parques industriais, cais para embarcações marítimas, e até mesmo cemitérios de aviões, tudo mundo bem elaborado e com uma riqueza de detalhes que chega a impressionar, e ainda contando com mudanças climáticas e de tempo, fora a boa trilha sonora que encontramos no jogo, com diversas faixas licenciadas para estarem presentes no jogo.

Uma das coisas curiosas no jogo é que apesar de você bater seu carro e conseguir danifica-lo, esse nunca vai ficar totalmente destruído, não importando o quanto você tente, você nunca vai conseguir deixar seu carro completamente destruído, e para deixar as coisas ainda mais estranhas, o simples fato de você estar dirigindo e passar por um posto de gasolina já vai ser o bastante para instantaneamente esse ser completamente concertado de todas as avarias que esse possa ter sofrido, fora o fato que a cor do carro também vai mudar quase como um passe de magica, para uma cor completamente diferente da que você via a uns instantes atrás.

De inicio você pode até estranhar isso e achar que não tem muito sentido, mas depois de um tempo você já nem vai estar mais ligando para isso, e pior, pode até estar tentando usar isso ao seu favor, já que o jogo foi inspirado em um jogo onde as perseguições policiais eram bem frequentes, aqui essas não poderiam ficar de fora, mas apesar de encontrar com policiais quase que o tempo inteiro, as perseguições aqui são bem mais sossegadas e é muito fácil você conseguir se livrar dos policiais caso esses estejam no seu encalço.

Um adicional que esse jogo conta e que não se via na versão original, foi a adição de modos online, mas não os já tradicionais jogos de um contra um que já faziam parte da versão original, mas sim a introdução de listas de recordes, que ficam espalhadas por todo o canto do mapa, e não importa por onde você passe, você sempre vai estar sendo confrontado por recordes seus, ou mais legal ainda, de seus amigos que tenham o jogo e tenham jogado por um tempo, já que a todo instante você vai ver placas ou radares com nomes e tempos de seus amigos que passaram por ali, sempre tentando mostra o quanto mais rápido que você ele passou por ali, ou então mostrando que você ainda é o mais rápido naquele ponto, sistema esse que é bem legal, e que pode não parecer mas trás todo aquele clima de desavio pertinente a jogos esportivos.

O jogo conta com uma boa variedade de carros e marcas, todas existentes no mercado, onde você ainda pode fazer pequenos upgrades para deixar seus veículos ainda mais rápidos do que o normal, apesar que isso as vezes chega ser meio que desnecessário, visto que a dificuldade do jogo é bem baixa, e completar o jogo não vai ser assim a coisa mais difícil que você venha fazer, onde que no máximo a maior dificuldade que você venha ter de inicio é conseguir guiar os carros que de inicio podem lhe parecer meio “molengas” ou coisa assim, mas essas também são em muito impressões iniciais, já que em cada carro você vai encontrar uma direção um pouco diferente da outra, mas nunca fugindo do padrão já que ainda estamos falando de um jogo onde a jogabilidade é a chamada “Arcade”.

Need for Speed Most Wanted foi desenvolvido pela “Criterion Games” e publicado pela Electronic Arts em 2012, para “Playstation 3”, Xbox 360”, “PC”, WiiU, “PSVita” e “Celulares”, o jogo teve uma boa recepção da critica e muitos elogiavam os modos online dele, e ainda tiveram os que chamavam o jogo de sucessor espiritual de “Burnout Paradise”.



Vídeo Gameplay





(Dissection)





Posts Relacionados