Review - Aladdin - Master System



Aladdin - Master System

Aladdin é um daqueles desenhos clássicos da Disney, onde a história se baseia num conto árabe Aladim e a Lâmpada, o enredo todos já conhecem por se tratar de um clássico, então vamos ao jogo.

Jogos da Disney geralmente são bem elaborados, com esse aqui não poderia ser diferente, normalmente as pessoas conhecem ou jogaram as versões de Super Nintendo e a do Mega Drive (está tida por alguns como a melhor daquela geração) Partindo disso resolvi fazer um review da versão de Master System por ser totalmente contrário ao estilo das outras.

O game é bem explicadinho, você começa em uma cena onde o jovem Aladdin rouba um pão de um comerciante e logo em seguida é perseguido por uma autoridade, na sequência você é meio que convidado a ajudar Aladdin a fugir passando pelos obstáculos que são jogados na tela para lhe parar, achei fantástico isso é meio que se jogassem a responsabilidade para o jogador tipo "toma ae se vira agora" bem bolado.

Após passar deste trecho a sequência já mostra a jovem princesa (Jasmine) num daqueles seus passeios pela rua, quando de repente ela resolve pegar uma fruta do comerciante para dar a um garoto de rua, logo em seguida o dono da barraca começa a lhe dar uma bronca, Aladdin observando tudo na espreita joga lhe o seu fiel companheiro (o macaquinho / Abu) em cima do comerciante e os dois fogem juntos, aqui podemos notar que isso tudo foi de certa forma uma maneira que eles acharam para mostrar como os dois se conheceram ou seja por acaso, com isso o jogo me fascinou, pois aqui já tenho várias narrativas que me exemplificam a história mesmo que do jeitinho 8 bits de ser, mesmo assim ousou e foi legal, confesso que de início pensei que o jogo todo fosse ficar nesse estilo meio que de corra e pule obstáculos mas não, era só o início, um jeito de começar a contar esta trama.

O jogo segue o enredo a risca, Aladdin é preso, conhece o gênio da lâmpada e parte em busca de salvar sua amada das mãos do tirano Jafar.

Os gráficos estão bem desenhados, tanto Aladdin como o resto da turma tem seus traços bem característicos da trama, as músicas em minha opinião são boas mas poderia ter uma sequência mais acelerada principalmente nas 2 primeiras partes onde o jogo é todo corrido, para mim faltou uma agitação para acompanhar o raciocínio da fase.

Neste aventura Aladdin conta somente com seus movimentos a la Prince of Persia (aquele do MSDOS lembra?) e pedras, sim pedras, até porque nunca entendi bem jogar maça e os caras ficarem tontos, pedra é mais acertado acho eu até porque se o cara é pobre ele não vai desperdiçar comida certo? Bom seguindo essa lógica o jogo transcorre sem dificuldades é um jogo curto bem fácil de se fechar mas é daqueles que quando você termina você fica com gostinho de quero mais de tão bacaninha que é, falando em fechar / zerar o jogo, vale dizer que o chefe final Jafar você conta com  auxilio de uma espada para atacar. 

Um jogo bem divertido de se jogar, Aladdin de Master System é um daqueles que você pega assim num fim de semana e o zera rápido, sem problemas e mesmo assim não deixa de ter seu brilho para quem gosta de uma nostalgia de vez em quando.




Vídeo Gameplay









|__CisNegro__|



Episodio do podcast onde o jogo foi um dos comentados:



(Review publicado originalmente em: 16/09/2013)







Posts Relacionados